Fotografia 265

Atualizado: Nov 5



Cachoeira | Bahia | Brasil | Ano 2015

Tiragem 01: 08/15 Tiragem 02:

ABEL E CAIM I Raça de Abel, só bebe e come, Deus te sorri tão complacente. Raça de Caim, sempre some No lodo miseravelmente. Raça de Abel, teu sacrifício Doce é ao nariz do Serafim! Raça de Caim, teu suplício Será que jamais terá fim? Raça de Abel, tuas sementes E teu gado produzirão; Raça de Caim, sempre sentes Uivar-te a fome como um cão. Raça de Abel, não tremas nunca À lareira patriarcal; Raça de Caim, na espelunca, Treme de frio, atroz chacal! Raça de Abel, pulula! Ama! Teu oiro é sempre gerador. Raça de Caim, alma em flama, Cuidado com o teu amor. Raça de Abel multiplicada Como a legião dos percevejos! Raça de Caim, pela estrada Arrasta a família aos arquejos. II Raça de Abel apodrecida Há de adubar o solo ardente! Raça de Caim, tua lida Nunca te será suficiente; Raça de Abel, eis teu labéu: Do ferro o chuço é vencedor! Raça de Caim, sobe ao céu E arremessa à terra o Senhor! Charles Baudelaire

© 2015 por Estúdio Paulo Lima

fotografo-baiano-paulo-lima-(01).png

Feed do Instagram

© 2020 por Estúdio Paulo Lima . Salvador . Bahia . Brasil . (71) 98726.2917